Artigos

All Articles (2)

O operador de negação ˜(não) inverte o valor lógico da proposição. Logo, se a proposição é é verdadeira passa a ser falsa e vice-versa.

Para negar um proposição basta inserir a palavra não antes do verbo. Outra forma de negar a proposição é inserir no início da frase expressões do tipo: "Não é verdade que", "É falso que", "É mentira que", etc.

A negação de uma proposição p é indicada por ~p (lê-se: “não p”). Nas provas do CESPE, no lugar do “~” pode aparecer sinal “┐”. Ou seja, na prova do CESPE, a negação de p é indicada por ┐p.

Agora vamos ver alguns exemplos:

a) p: Maria é médica;  ˜p: Maria não é médica

b) q: João é estudante;  ˜q: João não é estudante.

Tabela Verdade da negação é a seguinte:

p ˜p
V  F
F  V 

Lei da dupla negação

Uma proposição que é negada duas vezes é ela própria. Ou seja, um negação anula a outra. Simbolicamente temos:

~(~p) =…

A primeira coisa que precisamos é saber quantas linhas a tabela-verdade vai ter.  O número de linhas da tabela-verdade é dado por 2,onde n é número de proposições simples e distintas. Note bem! as proposições, além de simples, devem ser distintas! Traduzindo para o bom português, você deve contar quantas letras diferentes aparecem na proposição composta. Para entender o processo, vamos criar a tabela-verdade da proposição composta (P ^ R) -> Q.

1) Temos 3 letras distintas (P,R,Q). Assim, nossa tabela terá 23 = 8 linhas. 

2) Agora vamos preencher a tabela. Divida a quantidade de linhas da tabela por 2. Preencha com V a primeira coluna até o valor encontrado na divisão, depois preencha com F. Ou…